Redes sociais ou vida real?

Esses dias, a blogueira australiana Essena O’Neill, causou polêmica ao falar sobre a vida falsa que mostrava nas redes sociais. Várias blogueiras falaram sobre o caso, umas concordando e outras não.  Como gosto de analisar os dois lados da moeda , partirei de dois pontos de vista: 1º do lado das blogueiras famosas; 2º do lado de Essena.

Sejamos sinceros: todos vivemos de aparência hoje em dia.

Você já ouviu falar : “nossa, fulana é mais bonita na internet do que pessoalmente”, ou então: “fulano não é tão forte assim na vida real”. Todo mundo já ouviu algum comentário desse, ou até já fez um.

Agora, se nós pobres mortais publicamos só as nossas melhores fotos e melhores momentos nas redes sociais, imagine as blogueiras famosas que vivem de suas imagens, sejam menos hipócritas e admitam que o que te faz virar fã de uma blogueira (ou até mesmo odiá-la) é pelo perfil dela ser repleto de fotos legais . Se fosse tão fácil fazer sucesso com blogs e fotos bonitinhas teria muita gente famosa no mundo, inclusive essa humilde blogueira que redige esse texto (e que já teve uns 7 blogs since 2006 hahahah).  Então, para ser famosa essas blogueiras tiveram que trabalhar muito.

Que elas recebem por boa parte de suas fotos , isso não é segredo para ninguém. Mas, em uma coisa eu concordo: indicar que o post é pago, seria bem mais honesto da parte delas. E nem todas fazem isso.

Que elas não são felizes todos os dias é meio óbvio, né? Quem é feliz o tempo todo, gente?

O problema é que muita gente idolatra elas e, as vezes, acreditam que elas são muito diferentes do resto das pessoas, que elas não tem espinha, que acordam com cabelo de propaganda de shampoo todos os dias, que não ficam inchadas nunca, que não ficam na bad, enfim, que tem uma vida perfeita.

Mas não é bem assim… Lembrem-se de que elas são seres humanos comuns assim como nós. E perfeição é utopia, nada é 100% perfeito. Se você não é perfeito , não pode esperar que os outros também sejam, e se você acha que é perfeito, acho bom você procurar ajuda psicológica.

Nós, os espectadores também devemos compreender que esse é o trabalho delas, e se a vida delas não parecer empolgante, elas perdem seus seguidores, que ocasiona na perda de patrocinadores, ou seja, perdem seus empregos.

Por outro lado, acho que compreendi o que Essena quis dizer…

A responsabilidade das blogueiras é grande, pois elas inspiram e de certa forma influenciam seus seguidores. Então é preciso ter bom senso ao fazer uma postagem. Ao postar uma propaganda, elas deviam levar em consideração que os outros acreditaram nela ao comprar aquilo, então só deviam postar aquilo que realmente gostam e não só pela grana.

Como disse no começo do post, todos vivemos de aparência, é triste, mas é a realidade. A vida de ninguém é igual a que aparece nas redes sociais. Todos tentamos mostrar a vida do ângulo mais agradável possível. A vida real nem sempre é do jeito que gostamos, e muitas vezes as redes sociais acabam se tornando refúgios, um lugar onde pode ser diferente, onde posso ser aceito pelos demais. Seja na vida real ou na vida virtual o que muitos buscam é aceitação.

Já vi blogueiras que no começo de suas “carreiras” (não sei se esse é o termo correto) diziam não gostar de determinadas marcas e hoje, que já alcançaram o sucesso, fizeram propagandas dessas mesmas marcas. E é nesse ponto que, muitas vezes, o mundo dos blogs que tornam superficiais.

E, sério, tudo bem as blogueiras ganharem dinheiro para postar fotos maravilhosas, contanto que isso não mude quem elas são, e pelo que entendi, era assim que Essena se sentia. Ela não se reconhecia mais. Aquela garota linda das fotos, não condizia com a verdadeira Essena, ela era só um personagem. Mas as pessoas esperavam muito dela e ela cansou de fingir ser o que não era. Ela tirou a máscara e assumiu ao mundo sua verdadeira identidade, mostrou aos outros que ela não era só um rosto bonito e um corpo escultural, mostrou que é uma garota normal de 19 anos.

Os excessos de holofotes podem nos cegar, podemos ter a falsa impressão de que muitos likes poderão preencher vazios que existem em nossas vidas reais. Mas eles não preenchem, até podem camuflar, dando a impressão de preenchimento, mas o vazio continuará lá e mais cedo ou mais tarde ele vem a tona.

Então não importa se você é famoso ou não, se tem rede social ou não, nunca deixe de ser você, mude só se for necessário, procure fazer o bem. Porque quando os holofotes apagarem você terá orgulho do que você fez no passado e daquilo que você se tornou hoje.

Anúncios

8 comentários sobre “Redes sociais ou vida real?

  1. Não achei ela fazer isso TAO absurdo, muitas blogueiras vivem disso, do dinheiro de divulgação, da aparência em geral (como você falou). Todas nós só postamos fotos que consideramos ótimas nas redes sociais, e se pudéssemos apagar as espinhas e marcas do nossos rosto, apagariamos. Então ate agora não entendi todo esse auê que fizeram haha ela pra mim ta trabalhando, e é mais que logico que ela não vai postar uma foto triste pq terminou com namorado no instagram, porque nem eu e acredito que nem você, publicaria também. Facebook e instagram são redes sociais que usamos basicamente só para postar nossas vitorias, dias bons, e não exibir fraqueza e tristeza… Muito interessante seu post!

    • Sim, também penso como você. E nas minhas redes sociais procuro sempre mostrar o melhor de mim, acho que a maioria das pessoas faz isso. O mundo já é cheio de coisas ruins, né? Vamos compartilhar coisas boas haha
      Que bom que você gostou. 🙂

  2. Todo mundo sabe que ninguém é totalmente feliz( eu acho) então, ninguém vai acreditar que a pessoa está postando todo dia felicidade, ela posta os bons momentos , elas dividem hoje em redes sociais o que dividiam antes. Quem não convidava os amigos pra ver a casa nova, o móvel novo, a moto, o carro, o álbum dos filhos, casamento? A diferença é que isso agora nós fazemos pra todo mundo porque as pessoas nos adicionam e nem nos conhece e isso que fazíamos era apenas com nossos amigos, nós não abríamos as portas a desconhecidos pra mostrar nossa vida.
    Embora já vi muito gente no facebook dizendo: estou triste , estou chateada e outras frases depressivas rs O negócio todo é que mesmo aquelas amigas que iam na nossa casa ver o que compramos e partilhar da nossa felicidade, podiam ter inveja, hoje, são muitos invejosos , invejosos daquele momento, daquilo que você comprou e postou, porque , como disse, ninguém é totalmente feliz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s