Um contentamento descontente

large
aqui

A-M-O-R é uma palavra tão pequena, que tem um significado gigante.

Amor no geral

O amor é inexplicável. Ele está em muitas coisas além do relacionamento homem-mulher. O amor está em tudo naquilo que amamos fazer , em todos os lugares que gostamos de estar, o amor é algo que temos dentro de nós. As melhores (e mais bem feitas) coisas foram feitas com (ou por) amor.

O amor no relacionamento

Gosto do poema de Camões em que ele tenta definir o amor.

O Amor até que é simples.  O substantivo é. O difícil mesmo é conjugar o verbo amar.

Amar é uma faca de dois gumes: é agradável, aconchegante e ao mesmo tempo cansativo, doloroso. As pessoas começam a se relacionar achando que a vida real é igual as novelas. Que o cara vai ser um gentleman, que a mulher vai acordar linda todos os dias…

Mas é muito mais do que isso. Na vida real o mocinho vai ter seus dias ruins e talvez não seja o príncipe que você sonhou, a moça vai acordar mau humorada, descabelada. As amigas dela vão ser chatas e os amigos dele uns babacas, mas você será obrigado a conviver com eles de vez em quando. Vai ter brigas e vai dar vontade de fazer as malas e partir.

Por outro lado, terão dias incríveis. Daqueles que nem dá vontade de olhar no relógio, só para ver se dura mais um pouquinho.

O “amar” é tão complicado que tem muita gente desistindo. Mas tem uns teimosos por aí, que ainda insistem no amor. Que sabem que amar é sorrir e chorar, é errar e perdoar, é querer ir e ao mesmo tempo ficar. É entender que terão uns dias mais felizes que outros.

E tem outros por aí que dizem que no mundo falta amor…

Eu não sei ao certo quem é o autor* que disse, mas eu assino em baixo: “Não sejam tolos, não falta amor falta amar.

(* achei na internet que autor é Caio Augusto Leite, mas como a internet não é uma fonte 100% segura, prefiro deixar o autor em aberto, se alguém souber quem é o autor, por favor, me avise que darei os devidos créditos, obrigada)

Anúncios

18 comentários sobre “Um contentamento descontente

  1. É isso mesmo, acho que alguns andam com preguiça de viver o amor com seus altos e baixos porque nem tudo é um mar de rosa e como dizia minha mãe, amar é fácil, difícil é comer sal junto kk E eu já acordei inclinada a escrever sobre isso porque lembrei de uns casos ai rsrs . Só que vi uma tirinha do mico e dos carecas e danei a escrever kkk Lindo texto, parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s