O que eu aprendi com o BEDA?

gif
Eu tentando postar todos os dias

Bem, o que me fez criar esse blog foi simplesmente a curiosidade em saber como essa plataforma funcionava, já que eu tinha um blog em uma outra plataforma. Fiz o primeiro post e sumi daqui, achei difícil de mexer e desisti.

Nesse meio tempo aconteceu uma série de coisas em minha vida e, eu não conseguia mais postar nada no outro blog…

Dois anos depois, resolvi abrir aqui e do nada veio inspiração e publiquei o segundo post. No dia seguinte, me surpreendi com a interação das pessoas. Fiquei tão contente que resolvi mudar o layout e começar um novo blog. Só que dessa vez eu tinha um lema: não postaria por obrigação, apenas por paixão. Percebi que um erro que eu cometia no outro blog era justamente esse: postar coisas sem sentido só por postar. E, por isso, resolvi que aqui seria diferente.

O tempo foi passando e me apaixonei pelo blog e por todas as amizades que comecei aqui. Descobri que fiz a escolha certa.

Depois, acabei conhecendo o Projeto Vai um Café? E foi amor à primeira vista.

Mês passado, sugeriram que os participantes do grupo fizessem parte do BEDA. Eu achei loucura ter que postar todos os dias, mas encarei como um novo desafio e entrei disposta a concluí-lo como sucesso. Só que não.

O que eu aprendi com o BEDA é que se a gente se esforçar um pouquinho, consegue criar conteúdo para o blog. Muitas vezes eu criava inúmeras desculpas por estar ausente no blog e o BEDA me mostrou como era só preguiça mesmo. E mania de reclamar por tudo.

E fui indo firme e forme, até que um dia falhei. Fiquei triste, mas não desisti. Depois aconteceram algumas coisas em off, mas me esforcei para postar e senti que as postagens perderam a qualidade.

Acabei desanimando e fiquei outros quatro dias sem fazer posts. Me senti mal no começo, mas depois lembrei quais eram as intenções do blog no começo e meu coração se acalmou.

Participar do BEDA foi massa! Curti muito ler todos os posts dos blogs participantes (tanto do pessoal do grupo, quanto do pessoal de fora), gostei da união, da força que um blog dava ao outro entre uma série de coisas que me deixaram muito feliz por ter topado entrar nessa.

Talvez um dia eu volte a tentar, mas terei que me organizar melhor para conseguir ir até o fim com êxito.

Parabéns à todos que conseguiram, vocês são demais! E parabéns também a quem, assim como eu, não conseguiram (me abraça aqui e vamos chorar juntos haha). Pelo menos tentamos, hehe.  Até a próxima. ❤

fb_img_1469839147871

Blogs participantes: Em outubro | Mulher Pequena | Iletrando | Conversa íntima | Viagens de Apartamento | Divergências Vitais | Carioca do interior |Nada Sensata | Since85 | Pequenos Retalhos| Lexplorateur | DescoisandoLado Milla|Liley Carla |Leuxclair|Brilha La Luna

Anúncios

16 comentários sobre “O que eu aprendi com o BEDA?

  1. Que post mais acolhedor. Sabe que acabei desistindo por isso? Escrever por obrigação e me cobrando, me culpando, não sai, Joy. E tem dias que a cabeça não funciona mesmo, ando com dores de cabeça horríveis, é difícil conciliar e já trabalho o dia todo no PC, aí é tenso de verdade!

    Mas dou meu reconhecimento total, acompanhei a tua volta ao blog e teve posts que tocaram o meu coração, acho que o mais importante é isso, né? ❤
    Sobre o grupo: ele é amor à primeira vista mesmo, tanta gente que dá carinho e atenção! Nem todos os dias a gente pode estar presente, mas sabemos que se precisarmos realmente de algo, teremos com quem contar. Isso traz uma certa paz.

    Um beijo enorme e parabéns pelo teu esforço. 🙂

    • Acolhedor foi esse comentário. Meu coração se encheu de alegria. É por isso que digo: O Vai um Café é o melhor grupo do Facebook para blogueiros, porque tem bem essa vibe mesmo de tomar um café com os amigos. É aconchegante. Muito obrigada pelo comentário, beijão. ❤

  2. Nossa, quanta verdade, sabe uma coisa que não tinha percebido? O proposito do grupo! É falar o que está no coração (acabei de comentar algo parecido no blog de outra colega) e não qualquer coisa. No início tb me senti mal por não conseguir postar todos os dias, mas relaxei depois tb, vi q não era pra tanto e fiquei feliz com os resultados.
    Tb aprendi a me esforçar mais e ver o quanto sou capaz.
    Beijos floor

  3. Eu, embora tenha vontade de escrever sobre muita coisa, acabo sempre escrevendo e terminando posts de assuntos que não vão de acordo com o queria a princípio. Terminar esse BEDA foi importante para mim pois saturei o que não interessa e agora vou poder continuar de forma mais agradável. É difícil achar assunto e tempo para lidar com o peso de um BEDA. Eu consegui manter uma rotina legal de posts, mas não consegui ver os blogs amigos… Agora que terminou tudo, estou tentando ver o que perdi. Mas é sempre assim, com algumas coisas vamos nos alegrar, com outras decepcionar…. o que interessa é manter a vida mesmo com os altos e baixos.
    Estou orgulhosa de você pelo seu esforço, você que apesar de ter que lidar com coisas na vida pessoal ainda veio mostrar a cara e terminar o BEDA de uma forma tão linda!
    Parabéns e um beijão!

    • Essa comentário me deixou tão tão alegre. Sério mesmo. Eu também não tive tempo para ver todos os posts dos blogs amigos, me esforcei e consegui visitar todos. Mas agora que acabou quero ir de blog em blog ver os posts que não li. Parabéns para você também, parabéns para todos nós que abraçamos o desafio e tentamos fazê-lo da melhor forma possível. Abraço. ❤

  4. Verdade, quando a gente dedica um pouco do nosso tempo para fazer algo bem feito e feito com amor e carinho conseguimos fazer. Eu sinto que o blog é bem isso mesmo, não pode virar uma obrigação, não pode e não deve virar um monte de textos sem sentido. Muito pelo contrário, isso aqui faz um pouco parte do que nós somos, uma extensão nossa, então tem que ser prazeroso fazer isso. Eu aprendi também que se a gente se organizar, conseguimos fazer tudo o que desejamos. Agora eu só quero descansar um pouco. Me deu ressaca mental esse beda! HAHAHAHA e essa gif demonstra isso!

  5. Minha ausência em dados períodos no blog tem o mesmo motivo que tu citou, querer postar algo que eu sinta, que eu queira postar, e não que coloque ali só pra publicar algo no dia.
    Até os posts não relacionados a reflexão, como os de moda, por exemplo, eu tento sempre levar pra um lado que eu goste de ler, e conclua que quero postar.
    Quando não atinjo essa ideia, apago o rascunho e prefiro não publicar. Se não sentir que tem “eu” no post, não me sinto a vontade de postar
    Estou gostando muito mais assim!

    • Eu acho que quando a gente não se sente a vontade com o post, é melhor não publicar mesmo. O blog é mesmo um diário pessoal, mesmo não falando de nós tem que refletir um pouco sobre aquilo que acreditamos. Beijão e obrigada pelo comentário. ❤

  6. Que delícia de post. Só li verdades.
    Quando eu quero eu sempre arrumo um tempinho. Escrevo até no celular e corrijo em dois minutos no computador e posto a versão final. Quando queremos damos um jeito.
    Geralmente eu não posto por estar cansada demais ou com preguiça demais para levando o dedo e ligar o computador.
    o BEDA trouxe muito disso para a blogsfera, trazer um pouquinho de amor pelo próprio blog. Fico feliz por conhecer novos blogs, blogueiros e gente que pensa como eu 🙂
    Mas não se cobre se não postar todo dia. Blogar por prazer é mais gostoso 😉
    Bjuxxxxx

  7. Joy… desta vez não entrei no BREDA… estava de férias…e sabia que não conseguiria desta vez…. mas já vou me programar para 2017… rsrsrs. Fiquei muito feliz que você tenha participado e de você dividir conosco sua experiência… Com certeza vou me programar melhor. Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s