Amor virtual

frases_de_amor_virtual
Imagem: Google Imagens

Ouvi muita gente falar sobre amores de redes sociais. Mas até então nunca tinha vivido um. Como eu poderia imaginar que acharia o amor da minha vida por uma rede social?

Parece ridículo, mas quando é que o amor não é ridículo?

Nunca fui de entrar em redes de relacionamentos on-line com a intenção de encontrar um namorado. Achava muito boba essa história de bate-papo virtual.

E um dia, estava eu em uma rede social quando vi uma frase linda e ao ler o nome do autor, senti um sentimento tão lindo, tão… tão , não consiga encontrar palavra que descreva o que senti. “Jorge de Moraes” seria uma mistura de Jorge Amado com Vinicius de Moraes?

Entrei no Google e pesquisei: Jorge de Moraes, eis que aparece seu Facebook, clico curiosa e vejo sua foto de perfil, bem subjetiva, não dava para reconhecer o seu rosto. E esse mistério todo me deixou empolgada, era louca para vê-lo.

Cliquei em Adicionar Amigo e fiquei aguardando ansiosamente pela sua resposta. Passei semanas stalkeando o seu perfil. Você tinha muitos amigos, mas as poucas publicações que eu podia ver, tinham poucas curtidas. Ficava horas frente a sua página, apertando F5. Cheguei a sonhar com você, imaginando como seria o seu rosto, sua voz…

Já estava me sentindo frustrada, porque você não me aceitava, decidi cancelar a solicitação. E quando entro no Facebook, para a minha surpresa, eu tinha uma notificação: “Jorge de Moraes aceitou sua solicitação”. Eu não podia acreditar, comecei a pular — literalmente — de felicidade.

Começamos a conversar, eu puxei o assunto. Muitas coisas em comum: músicas, filmes, séries, livros. E novelas mexicanas. Sim, achei um homem que curtia novelas mexicanas.

Já contei que ele é escritor? Pois é, e eu confesso tenho uma queda por escritores.

Foram meses, dias, horas de conversas nas madrugadas solitárias do meu quarto escuro.

Ficamos tão próximos. Na loucura sugeri que nos encontrássemos. Você topou na hora. A gente combinou de se disfarçar dos personagens do nosso livro favorito, assim um poderia reconhecer o outro.

Hoje estou aqui no ponto de ônibus com o coração na mão, aguardando pelo nosso primeiro encontro.

Talvez eu vire um personagem de um livro seu, tentarei me comportar para não morrer logo no primeiro capítulo.

Anúncios

19 comentários sobre “Amor virtual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s